quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Sobre tempos e literaturices


Minas Gerais e seus interiores têm mantido a tradição de lançar grandes escritores vindos de cidadezinhas provincianas. Numa trajetória que alavancou para o estrelato literário mundial: Carlos Drummond de Andrade, Murilo Rubião, Cyro dos Anjos, Herinqueta Lisboa, para ficar em apenas alguns nomes de uma lista imensa.

Possivelmente após o lançamento do livro “Segunda Coletânea de contos e poemas Usina de Letras” no dia 21 de agosto, essa terra Gerais, ganhará mais um nome na literatura para se lembrar. Nossa nova “prata da casa” chama-se Nelio Souto, amante inveterado da cultura e as diversas manifestações artísticas que percorrem o ser humano.

Esse jacuriense (ele nasceu em São Jose do Jacuri) terá um conto publicado no livro que será lançado na 21° Bienal Internacional do Livro de São Paulo. Com uma prosa envolvente e influências reconhecidas, que vão de Ruy Castro, Fernando Sabino a Rubem Braga, Nelio Souto ganha sua primeira oportunidade na literatura para provar à que veio. O conto intitulado “Ele sabe a hora de tudo, meu filho", passeia pelo o universo poético do interior de Minas (mais precisamente Jacuri), debatendo a nossa velha filosofia cotidiana.

É um prazer sem precedentes, admirar esse momento tão próximo ao jovem escritor e poder admirá-lo como amigo, pessoa e escritor. Faço das minhas palavras a de todos que estão felizes e vangloriam esse momento. Parabéns jacuriense de óculos, com um coração enorme e dez milhões de sonhos na cabeça. Não foi tarde para tudo acontecer, nunca é tarde. Você sabe meu filho, que “Ele sabe a hora de tudo...”

Marcos Oliveira

7 comentários:

Camila Sol disse...

Fico extremamente feliz em poder ver este momento, em ver o seu sucesso...
Alguem com tantas qualidade e que me fez tao bemmerece sempremuito mais. Que o céu seja o seu limite. Parabenspor esta conquista!!
bjuh

Dani Lages disse...

Que orgulho!!! Parabéns!

Dona Branca! disse...

Parabéns querido!! é bom vê-lo florescer!

Danielle Pinheiro disse...

Parabéns, sei exatamente (por conhecer seu potencial)o quanto você merece esse reconhecimento. Esse é apenas o começo meu caro, muito mais o aguarda se continuar a se entregar intensamente nesse universo da literatura, que tanto nos faz felizes.
Linda homenagem do Marcos!

Grande abraço,

Marcela disse...

Parabéns, moço que faz falta!
É só o começo!
Te adoro!
Beijos!

Liv Milla disse...

Amigo meu.....
Nossa, me sinto orgulhosa em ter tantos amigos escritores e todos com uma qualidade inquestionável...
Dois grandes amigos na Bienal de São Paulo não é pra qualquer um não...
Parabéns por essa grande conquista, Nélio!
Você ainda vai muito mais longe que isso!
Beijos

Evellyn disse...

To mto feliz por vc...amei seu blog, e to orgulhosa de ter um conterraneo tao importante e q da tanto valor a uma cidade q poucas pessoas conhecem..mas la eh o meu refugio..a melhor parte da minha vida..meus verdadeiros amigos estao la..e de lá surgiram outros amigos q eu jamais esperei..como vc...q me viu muleka e agora jah sou adulta e acabei me tornando sua amigaa..to orgulhosa de verdade...torço mto por vc..cm esse talento vc vai longee..bjOO...*TE ADMIRO DMAIS*