terça-feira, 18 de agosto de 2009

um "viva" à andréa sannazzarro

bar "aristóteles" em santa tereza - bh - foto: nelio souto


domingo reunimos nossa turma de amigos para "brindar os novos caminhos de andréa", como eu prefiro chamar. um barzinho (em santa tereza), um violão (na verdade eram dois), e muitos amigos. mistura que faz de qualquer camarada o sujeito mais feliz do mundo.

meus amigos são pessoas essenciais pra suportar a parte mais ou menos dessa vida. não sei o que seria de mim se não fosse a presença do matheus (como drogaria araújo, 24 horas), o campanheirismo do jota, a palhaçada do vitor hugo, a poesia do marcos, o sotaque do "brother" carioca (daniel), a presença angelical da andréa, a doçura da fabíola, a voz da babi, o show do mamute (literalmente né), a amizade de anos da amanda carla, o companheirismo da sicarelly, as histórias do tiago (cebeludo), o silêncio providencial do tiago chiarini (que não pôde estar presente por causa do aniversário do caio), a docilidade da isa, e ainda a presença alto astral dos agregados.

matheus, mamute, rapha, eu, daniel e marcos - foto: babi


faltou sheila, que estava pra são paulo. nos abandonou no final de semana. sentimos falta do ritual (semi-indígena) de sheila para acender um cigarro de palha.

amo todos vocês...
...mas quero abraçar antes de mais nada, andréa, que acaba de nos encher de orgulho (é a nova caloura da ufop).

desejo sorte no novo caminho.

eu, mamute, rapha, andréa, matheus, vitor hugo, fabíola - foto: matheus botarro


com quem fica, fica a saudade (que é ruim né). eu sei, mariana é logo alí, mas preciso me abastar de presença. logo alí não é aqui.

boa sorte a andréa que vai e a nós, que ficamos (sem ela).

ao som de "rosas", de ana carolina

"Porque eu sou feito pro amor
Da cabeça aos pés"

obs: tem outros grandes amigos que por um motivo ou outro não estiveram presentes. isso não compromete em nada a importância de cada um. as citações foram apenas para falar dos amigos que assim como eu, também foram abraçar a andréia.

2 comentários:

Dona Branca disse...

Tem que ter repeteco só pra eu além de acender ritualisticamente meu cigarro de palha, estar junto de pessoas tão queridas, mas, com uma diferença, sem ter que me despedir de ninguém.

Andréa Sannazzaro disse...

que bonito...
é sempre bom saber que existem, onde possa se compartilhar no minimo carinho =)
é bom estar com vcs.. perto ou longe estão comigo!! pois há momentos que o são pq existe antes e depois.....
dia bom!!...e mesmo longe perto estou han!?
beijo grande^^
ps:
outras noites virão...