sexta-feira, 14 de agosto de 2009

homenagem - humberto câmera netto

foto: site oficial dos privilegiados

humberto câmara netto foi meu primeiro professor de teatro. foi na verdade quem me incursou nesse mundo. me lembro bem da primeira aula quando ele me veio com o "monólogo de hécuba". no início não tinha real noção do que aquele texto fosse significar em minha vida mais tarde.

humberto também foi quem me recebeu no rio de janeiro, quando desembarquei sem grana, algumas roupas e muitos sonhos na machila. em meu primeiro apartamento alugado no rio, na pavuna, o recebi para um franguinho com quiabo. na ocasião, ele me levou um vaso de azaléias e uma garrafa de almadén. gentil que só ele.

grandes espetáculos e pessoas ídem, também conheci através de humberto. nello, cinthia, daniel, abu, joão, rose, arley, neco, e por aí vai.

humberto foi "o cara", o primeiro homem/ator a interpretar "valsa nº 6, de nelson rodrigues. o espetáculo retrata o drama de uma garota de apenas 15 anos que depois de levar uma punhalada, tem algumas coisas a dizer em seu monólogo agonizante. a peça transcorre exatamente no momento do golpe do assassino. humberto foi o primeiro homem autorizado pela família de nelson a interpretar a adolescente sônia.

sede do "arte no porto", no armazém 5, rio foto: nelio souto

humberto é mineiro de são josé do jacuri (da mesma cidade que eu), se formou em belo horizonte (no belas artes) e no rio coordenou por anos o projeto social (na zona portuária do rio) "arte no porto", da qual fiz parte, ao lado do também nosso conterrâneo, ator e diretor neko pedrosa.

humberto está a mais de dez anos na cia "os privilegiados", criada pelo renomado diretor e ator antônio abujamra.

humberto tem uma relação íntima com nelson (rodrigues). chegou a conhecer nelsinho (nelson rodrigues filho) quando dirigiu "anti-nelson rodrigues", espetáculo vencedor do VI festival de teatro da universidade veiga de almeida nas categorias "melhor direção" e "melhor espetáculo".

infelizmente humberto não anda muito cortês com sua terrinha e está em falta com alguns amigos mineiros. da última vez que estive com ele (a alguns meses atrás), me contou que estava ensaiando um espetáculo, mas que assim que acabasse a temporada, nos faria uma visitinha.

estamos esperando.

valeu por ter me ensinado boa parte do pouco que sei sobre teatro.

Um comentário:

Rê Cicca disse...

Nelio Souto lê
www.descompensando.blogspot.com