sexta-feira, 14 de novembro de 2008

O passo, a dança


Sempre falta alguma coisa
As coisas mudam, muda o lugar
Meu quarto e coração estão desarrumados
Se eu quis vir, agora não sei se posso voltar
Meus amigos foram riso
Minha música foi dança
Eu fui feliz
Eu fui criança

Deixa eu brincar de voltar
Deixa eu gostar de viver
Perdi a crença
mas ainda sei o passo da dança

Sempre falta algum amigo
Nenhum deles eu sei onde está
Meu caminho e casa foram mudados
Eu quero ver, falar, relembrar
Meu riso foi caipirinha
A chuva foi minha esperança
Eu fui feliz
Eu fui criança

Deixa eu brincar de voltar
Deixa eu gostar de viver
Perdi a crença
mas ainda sei o passo da dança

Nelio Souto

4 comentários:

Liv Milla disse...

Blog de visual novo???
Adorei!
Bjs

Geórgia Carone :: Despair Doll / Jôн м. disse...

Bacana o post, uma coisa antiga, que ainda permanesce em si, muito bacana! ;)


''Blog de visual novo???
Adorei!'' [2]

Ficou bem rustico, muito bacana


beijos!

Anônimo disse...

Ao ler esse post me fez pensar e posso dizer com total certeza SOU feliz e SOU criança. Bom te ler rapaz. Jão Marcelo

Nelio Souto disse...

É uma música. Estou tentando musicá-la. É bom relembrar. Pelo menos eu gosto. Às vezes a lembrança é tudo que nos resta. Abraço!
Obrigado pela visita.